Gravidadicas.com.br

Tudo o que você precisa e deve saber antes, durante e depois da gestação você encontra aqui.

MaternidadeArquivo

quarta-feira

5

outubro 2016

0

Comentários

Saiba como preparar seus seios para alimentar seu bebê

Escrito por , Postado emGravidez, Maternidade, Pós-Parto

Há várias questões relacionadas com a amamentação e é natural que as novas mamães sejam curiosas sobre isso.

A amamentação é um ato completamente natural e tem sido um dos métodos mais naturais de alimentar os bebês. O leite é produzido por glândulas, que são ativados em sua gravidez.

Amamentar deixa você e seu bebê felizes e isso cria um vínculo forte e maravilhoso entre os dois. Amamentar também aumenta a imunidade de vocês dois. Bem mamães, você querem saber como o leite é produzido na mama? Aqui está algo para tirar todas as suas dúvidas.

(mais…)

segunda-feira

15

agosto 2016

0

Comentários

Chupeta: Mocinha ou Vilã?

Escrito por , Postado emMaternidade

Quem nunca ouviu dizer que chupeta acalma? E que também pode trazer alguns prejuízos?

Muito bem, vamos esclarecer agora os prós e contras desse objeto tão adorado pelos bebês e mães, e temidos pelos médicos e dentistas.

(mais…)

quarta-feira

20

julho 2016

0

Comentários

quarta-feira

17

Fevereiro 2016

0

Comentários

8 Coisas Importantes Sobre o Aleitamento Materno

Escrito por , Postado emMaternidade

Vale muito a pena amamentar, pelo menos tente. É importante pra você e para o bebê.  Então, para você não surtar nesse momento, aqui vão alguns fatos importantes.

1 – O leite materno é muito saudável.

Não precisa se sentir pressionada a amamentar, mas esteja ciente dos benefícios. O leite materno contém anticorpos que não podem ser modificados. “Bebês amamentados têm menos resfriados e infecções”, diz Jim Sears, MD, co-autor de O Livro do bebê. Eles também têm menos diarréia e constipação e uma diminuição da chance de ter alergias.

2 – Você, mãe, também pode ser mais saudável amamentando.

A longo prazo, a amamentação ajuda a afastar o câncer de mama e ovários. A curto prazo, o contato físico ajuda no vínculo com seu bebê.

3 – Amamentar pode ser bem difícil começo.

“Pense em fazer um curso de como amamentar enquanto ainda está grávida”, disse Melissa Kotlen Nagin, consultora de lactação em Larchmont, Nova York. Mas também pode procurar ajuda assim que o bebê nascer. Peça ajuda no hospital.

act-841501_1280

Não dá pra mentir, nos primeiros dias você pode sentir muita dor, mas isso pode ser amenizado com técnicas e com a experiência que vai adquirindo. Não ignore a dor e a vermelhidão que possa aparecer porque pode se tornar mais grave e ter uma mastite, infecção desagradável que requer antibióticos.

4 – O aleitamento materno poupa seu dinheiro.

Isso mesmo, se você só amamenta não precisa ficar preocupada com o dinheiro para comprar o leite ideal para seu filho. E isso pode sair bem caro, ainda mais quando falamos em bebês com intolerâncias e/ou alergias ao leite, por exemplo. Nesses caso, uma lata de leite pode sair por mais de 200 reais.



5 – Você é a fonte de alimento dele, por isso cuide-se.

Beba muita água, alimente-se bem e, caso haja necessidade, tome vitaminas (somente se seu médico receitar). Uma lactante precisa estar bem hidratada e alimentada.  Você também precisa relaxar, isso é muito importante já que o estresse pode afetar seu fluxo de leite.

Tome hum banho quente, afunde-se em numa cadeira confortável e lembre-se de respirar fundo. Se achar que precisa de medicação, fale com seu médico – não se medique sozinha.

6 – A amamentação pode ser conveniente.

O leite materno está sempre disponível e na temperatura ideal para seu bebê, não importa aonde você esteja. Presa em um avião por horas? Seu bebê nunca vai ficar sem comida. Além de não precisar sair de casa carregando várias latas de leites e mamadeiras esterilizadas.

7 – Muitas mulheres bombeiam o leite por várias razões.

Algumas usam para incentivar a sua oferta de leite ou para aliviar quando se tem leite demais.  Outras para poder sair e ficar um pouco despreocupada em voltar e alimentar o bebê já que tem seu leite na geladeira e é só oferecê-lo. Isso ajuda várias mães que trabalham fora de casa a continuar dando leite materno para seus bebês.

8 – Somos todas diferentes.

Faça o seu melhor, isso é o mais importante!

*Fonte: www.parents.com


quarta-feira

10

Fevereiro 2016

0

Comentários

11 Dicas de Como Apresentar o Seu Pet ao seu Bebê!

Escrito por , Postado emCuriosidades, Maternidade

“Vou deixar vocês dois se conhecendo e já volto.”

Pra começar este post, é comum ouvir (infelizmente), se está grávida e tem um animal de estimação, a pergunta “quando você vai se livrar dele?” já que o bebê vai nascer.

Certifique-se de dizer a essas pessoas que as pessoas são responsáveis ​​por mais mortes infantis do que qualquer animal. #Fato

Mas, claro, você quer ter a certeza de que ao trazer o seu bebê para casa e apresentá-lo para o seu cão ou gato (ou outro bicho) ocorrerá sem problemas.

(mais…)

quinta-feira

21

Maio 2015

0

Comentários

10 Dicas para melhorar o sono do bebê

Escrito por , Postado emCuriosidades, Maternidade

Olá, mamãe! Se você está interessada em aprender algumas dicas incríveis sobre o sono do bebê recém-nascido, então você está no lugar certo.

Quando o bebê dorme melhor, você vai nota que ele fica mais tolerante, mais paciente, mais envolvente depois de uma boa noite de descanso ou cochilo. Nunca é tarde demais para promover excelentes hábitos de sono em um bebê, e, finalmente, ajudar a si mesmo obter algum descanso tão necessário assim.

Então confira a seguir 10 dicas para o sono do bebê:

(mais…)

quinta-feira

7

Maio 2015

0

Comentários

Você sabe o que realmente é perigoso para o seu bebê?

Escrito por , Postado emAlimentação, Curiosidades, Maternidade

Oi, gente! A gravidez é um momento especial para uma mulher e muitas dúvidas aparecem durante a gestação, foi por isso que o Grávida Dicas “nasceu”, com o objetivo de tirar as dúvidas das mamães e tentantes sobre a gravidez. Comprei o livro Manual da Gravidez de autoria de Sarah Jordan e o Dr. David Ufberg que foi lançado pela Gente Editora e postei a dica para grávidas evitarem  locais muito quentes como saunas e banheiras de hidromassagem e teve um repercussão bem legal em nossa página, então resolvi separar algumas informações que achei no livro sobre o que realmente é perigoso para o seu bebê.

Layout 1

Nós sabemos que álcool, drogas e fumos são bastante perigosos, mas não é só isso, né? Então confira a seguir o que realmente pode ser perigoso para o seu bebê.

CAFÉINA

Já coloquei na página também que as mulheres grávidas devem evitar consumir tanta cafeína durante o dia, mas tomar uma ou duas xícaras de café não há nenhum problema, tente manter a quantidade de cafeína abaixo de 300 mg por dia e o seu bebê não vai ser afetado. Há evidências de que o alto consumo de cafeína pela mulher durante a gestação pode aumentar as chances de o bebê nascer antes do tempo, com baixo peso e maior risco de aborto. Lembre-se,  a cafeína está presente no café, no refrigerante, no chá e em chocolates. Obs: Uma xícara de 200 ml de café coado pode conter 80 mg a 130 mg de cafeína.

queijo

Como já falei no post sobre O que não comer durante a gravidez, você não deve deixar de comer queijo, pois nem todos são perigosos, apenas os queijos não pasteurizados que podem oferecer risco pela possibilidade de conter bactérias prejudicando a sua gestação. Evite por exemplo os tipos: Brie, stilton, roquefort, feta…

cobertores

Durante o primeiro trimestre a gestante deve manter a sua temperatura abaixo dos 38ºC. Se a sua temperatura corporal ficar acima dessa patamar por dez minutos ou mais, você põe em risco o tubo neural do feto e aumenta suas chances de aborto espontâneo. Cobertores elétricos não costumam representar risco, mas se você está preocupada use um cobertor comum ou conte com seu parceiro como fonte de calor, é o que indica o livro.

peixes

Sobre os peixes eu já comentei nesse post aqui.  Você deve consumir sim peixe durante a gravidez, mas deve evitar certos tipos como cação, peixe espada, garoupa, marlin, tubarão e cavala, pois eles possuem altos níveis de metil mercúrio e bifenilpoliclorados. Em altas doses podem prejudicar o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso do bebê. Querendo comer peixe? Vá de atum, é uma ótima opção se consumido moderamente.

sushi

Peixes crus e ostras devem ser evitados pela possibilidade de conterem parasitas. Então muito cuidado ao comer aquele japa no fim de semana!

cabelos

No livro, os autores comentam que não há nenhum risco com os produtos químicos utilizados nos tratamentos capilares. Achei informações sobre uma pesquisa no site Baby Center: Organização de Serviços de Informação sobre Teratologia (Otis, na sigla em inglês), uma rede internacional que divulga dados sobre possíveis riscos na gravidez, afirma que não há relatos de que tinturas de cabelo tenham provocado mudanças na gestação. O órgão ressalta também que muito pouco da química das tintas é de fato absorvido pelo corpo. Outros estudos que mostram possíveis efeitos prejudiciais ainda não são muito definitivos. Se você está insegura, é melhor esperar para pintar apenas após o 3º mês de gravidez e evite tratamentos que possuem formol em sua composição.

cha

Alguns chás são bastante benéficos para as gestantes, como framboesa e gengibre para náuseas, camomila para digestão, erva-cidreira para ansiedade e insônia, mas outra já são maléficos e podem diminuir a quantidade de leite, causar intoxicação e até mesmo aborto.

No site da revista Pais e filhos, eles listaram alguns chás que deve ser evitados, confira:

Chá de canela

Motivo: pode provocar constrição sanguínea e contração dos músculos do útero.

Chá de hortelã

Motivo: diminui a produção de leite, razão pela qual deve ser evitado durante a gravidez e principalmente durante a amamentação.

Chá de boldo

Motivo: também conhecido como boldo chileno, livremente comercializado como chá para distúrbios gástricos, ele possui efeitos tóxicos devido à presença do ascaridol, que pode causar abortos. Além dele, chá de arruda, cipó-mil-homens, erva-de-bicho, buchinha do norte, confrei, espirradeira, melão-de-são-caetano, erva-de-santa-maria, pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio, poejo e losna, também são abortivos.

Chá preto, verde, branco, mate e banchá

Motivo: acelera o metabolismo e pode causar mal-estar e palpitações cardíacas.

salsichas

Um cachorro quente ou um sanduba são uma delícia, né? Mas esses alimentos podem conter a bactéria listeria. Podem ser consumidos, desde que com moderação e quando preparados adequadamente. Prefira comprar frios frescos e em locais confiáveis.

manicure

Certifique-se de que o profissional que vai cuidas das suas unhas estejam utilizando ferramentas esterializadas. No livro é comentado sobre os boatos de que massagens nos pés possam causar parto prematuro e que não existem evidências médicas que os comprovem. Eu por exemplo não sabia nem desse boatos, será que é verdade?

pesticidas

Todos os inseticidas, herbicidas e fungicidas devem ser evitados durante a gravidez.

repteis

A bactéria salmonela pode ser transmitida pelas fezes de tartarugas,cobras e largatos. Viu uma tartaruga fofa e quis pegar? Lave bem as mãos depois de manuseá-los e evite as excreções desses animais.

TATUAGEM

Acabou de descobrir a gravidez e já está pensando em tatuar a palavra “mãe”? Vá com calme e resista a essa tentação, pois o risco de infecção é bastante significativo.

massa-de-bolos

Os ovos crus que vão nessas massas podem conter salmonela. Espere até que bolos estejam bem assados antes de saboreá-los.

O que está permitido?

Fazer Ioga, exercícios e atividades que você não possa cair e bater o torso, depilação com cera, usar micro-ondas para preparar aquela pipoca com leite condensado que você acordou de madrugada com desejo e você curtir muito a sua gravidez! 😉

– Dica GD:

Estar saudável antes, durante e após a gestação é importante não só para mulher, mas para o bebê também. Está claro pra você que para o bebê ser saudável a gestante também tem que ser? Então, a dica do Grávida Dicas de hoje é sobre como:

  • Atingir o Ganho de Peso Ideal Durante a Gravidez
  • Conseguir de volta seu corpo sexy em apenas 3 semanas após o parto
  • Firmar os seus seios mesmo se você estiver amamentando
  • Manter o corpo em forma e bonito durante a gravidez
  • Aproveitar de comidas deliciosas sem ganho excessivo de peso

A responsável por todo o conteúdo é a americana Alicia Pennington, ex-parteira e especialista em sono de bebês, que desenvolveu o Programa Mamãe Saudável –  um sistema 100% garantido, clinicamente pesquisado, experimentado, testado e trabalhado em seus pacientes!

Pra ver o que mais o programa oferece é só clicar AQUI e conferir, ok?

Até a próxima!!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Grávida Dicas

privacy Valorizo sua privacidade. Nunca envio spam.

quarta-feira

1

Abril 2015

0

Comentários

Você sabe o que é depressão pós-parto?

Escrito por , Postado emMaternidade

A gravidez é um momento de grande mudanças hormonais e emocionais para uma mulher. Para começar falando sobre a depressão pós-parto, imagine a seguinte história: Você passa mais ou menos 40 semanas (período médio de uma gestação) feliz, contente e ansiosa pela chegada do seu bebê. O pai e os seus familiares também estão felizes e contentes. Seu filho nasce saudável e todos comemoram e ficam numa repleta alegria, menos você. Uma sensação de melancolia e tristeza invadem a sua mente por um bom tempo e você sente-se desmotivada e não consegue chegar perto do seu filho e ver esse momento como a melhor coisa do mundo. Saiba que esse pode ser um indício de depressão pós-parto.

(mais…)

segunda-feira

9

Março 2015

0

Comentários

Saiba o que levar na mala da maternidade

Escrito por , Postado emCompras, Curiosidades, Maternidade

Olá, mamãe! Você não vê a hora da chegada do seu bebê e já está querendo preparar a mala da maternidade? Imagino como esteja se sentindo, por isso, dei uma olhada no programa O Milagre da Gravidez que além de ensinar como engravidar naturalmente, de forma rápida e natural em 2 meses, principalmente para quem sofre com a infertilidade, tem ótimo conteúdo sobre gravidez, explicando os estágios semanais da gestação, um guia com os significados dos nomes de bebês que até já postei aqui no site. Então separei alguns itens e dicas que a Lisa dá sobre o que levar na bolsa de maternidade.

(mais…)